O ‘Douro TGV’ segue viagem para a sua terceira edição, com paragem em Vila Real, no Palácio do Governo Civil, nos dias 29, 30 e 31 de Maio de 2019. Trata-se de um evento onde Turismo, Gastronomia e Vinho – presentes na sigla TGV – são temas de destaque e debate. A organização está a cargo do Regia Douro Park, que assim pretende munir os actuais e futuros players destes sectores de ferramentas para fazerem mais e melhor.

O ‘Douro TGV’ destina-se aos agentes e às gentes da região, como sejam os alunos e docentes da Universidade de Trás-os- Montes e Alto Douro (UTAD), da Escola de Hotelaria e Turismo do Douro – Lamego e de outras instituições de ensino, cujos alunos são os futuros embaixadores da região; e a todos os players cujas actividades versem turismo, gastronomia e vinho.

Programa

Vila Real é capital do distrito e região raiana com o mesmo nome. É uma “porta aberta” para o Douro, razão pela qual é importante fomentar a arte de bem receber. E quais são as premissas deste nobre ofício?

14h00 – Abertura e Boas-vindas
Nuno Pinto Augusto – Presidente do Régia Douro Park
Rui Santos – Presidente da Câmara Municipal de Vila Real
Apresentação do Moderador: Carlos Coelho – Presidente da Ivity Brand Corp

14h15 – Introdução ao Tema
Carlos Coelho – Presidente da Ivity Brand Corp

14h45 – Novas tendências do Turismo
Alfons Cornella – Especialista em Inovação no Institute of Next

15h15 – Turismo em Vila Real – Situação actual e caminho a seguir
Adriano Sousa – Vereador da Câmara Municipal de Vila Real, Pelouro do Ordenamento do Território e Urbanismo
José Maria Magalhães – Vereador da Câmara Municipal de Vila Real, Pelouro da Animação e Turismo
Maria Teresa Manfredo – Docente do Curso de Turismo da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Teresa Albuquerque – Directora da Fundação Casa de Mateus

16h15 – Oferta cultural, ambiental e gastronómica da região
António Ponte – Director Regional de Cultura do Norte
Helena Teles – Chefe de Divisão na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte
Hilário Nery Oliveira – Juiz do Conselho de Ilustres da Confraria do Covilhete de Vila Real
João Ribeiro da Silva – Coordenador da inscrição do processo de confecção da louça preta de Bisalhães na Lista do Património Cultural Imaterial que necessita de salvaguarda urgente da UNESCO
Rogério Rodrigues – Presidente do Conselho Diretivo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas
Victor Nogueira – Director do Museu do Som e da Imagem de Vila Real

17h15 – Sessão de Encerramento
Luís Pedro Martins – Director do Turismo Porto e Norte de Portugal

São oito as raças autóctones com Denominação de Origem Protegida: carnes de bovino Barrosã, Maronesa, Mirandesa; Cabrito Transmontando; ovinos Borrego Terrincho, Cordeiro Bragançano e Cordeiro Mirandês ou Canhono Mirandês; e Bísaro Transmontano ou Porco Transmontano. Urge falar sobre o impacto deste património diferenciador na região, na restauração regional, nacional e internacional, na criação de riqueza e na fixação de pessoas, por um lado; e da certificação e valorização das raças, por outro.

09h30 – Abertura e Boas-vindas
Nuno Pinto Augusto – Presidente do Régia Douro Park
Apresentação do Moderador: Rodrigo Meneses – Foodie

10h00 – Introdução ao Tema
Rodrigo Meneses – Foodie
Carla Alves – Directora Regional de Agricultura do Norte
Divanildo Monteiro – Director do Departamento de Zootecnia da Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro

10h15 – Caracterização das Carnes DOP Douro e Trás-Os-Montes
Gado Bovino :: Carne Barrosã DOP
João Paulo Costa – Cooperativa Agrícola de Boticas

Gado Bovino :: Carne Maronesa DOP
Marília Olhero – Agrupamento de Produtores de Carne Maronesa

Gado Bovino :: Carne Mirandesa DOP
Nuno Paulo – Cooperativa Agrícola Mirandesa

Gado Caprino :: Cabrito Transmontano DOP
Inácio Neto – CAPRISERRA Cooperativa de Produtores de Cabrito da Raça Serrana

Gado Ovino :: Borrego Terrincho DOP
Amélia Silva– OVITEQ Agrupamento de Produtores de Carne de Ovinos da Terra Quente

Gado Ovino :: Cordeiro Bragançano DOP
Amândio Carloto – Associação Nacional de Criadores de Ovinos de Raça Churra Galega Bragançana

Gado Ovino :: Cordeiro Mirandês ou Canhono Mirandês DOP
Andrea Cortinhas – Cooperativa de Ovinos Mirandeses

Suíno :: Carne de Bísaro Transmontando ou Porco Transmontano DOP
Pedro Fernandes – Associação Nacional de Criadores de Suínos da Raça Bísara

11h30 – Valorização e diferenciação das raças
Rui Dantas – Presidente da Federação Nacional de Associações de Raças Autóctones (FERA)
Alexandrina Fernandes – Produtora de Carne de Porco Bísaro Transmontando DOP
Filipe Ribeiro – AT Coop – Diretor de marketing e comunicação do projeto “Terra Maronesa”
Alfredo Teixeira – Professor Coordenador no Centro de Investigação de Montanha, do Instituto Politécnico de Bragança
Álvaro Mendonça – Representante da Naturalcoop – Cooperativa das Carnes de Montanha
Marco Gomes – Chefe e Sócio do Restaurante Oficina

12h30 – Encerramento

19h30 – Jantar Carnes DOP no restaurante Panorâmico da UTAD (ESGOTADO)
Chefe Marco Gomes – Apresentado pelo foodie Rodrigo Meneses
*Mediante inscrição obrigatória (Esgotado)

Quando criada, em 1756, a Região Demarcada do Douro tinha como foco e propósito a regulamentação do vinho do Porto. Muitos anos depois, começaram a surgir os primeiros “vinhos de consumo” ou “vinhos de pasto”, mais tarde apelidados de vinhos do Douro, com alguns vinhos emblemáticos a surgir. De uma forma mais “concertada”, os DOC Douro têm 30 anos de existência. Trinta são também os anos de carreira do mais famoso crítico de vinhos nacional: João Paulo Martins, moderador do painel vínico.

09h00 – Abertura e Boas-vindas
Nuno Pinto Augusto – Presidente do Régia Douro Park
Apresentação do Moderador: João Paulo Martins – Jornalista e Crítico de Vinhos

09h15 – Introdução ao Tema
João Paulo Martins – Jornalista e Crítico de Vinhos
Rosa Amador – Diretora Geral da Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense

10h00 – DOC Douro por alguns dos pioneiros
Domingos Alves de Sousa – Produtor Alves de Sousa
João Nicolau de Almeida – Ex-Enólogo da Ramos Pinto
José Maria Soares Franco – Ex-Enólogo do Barca Velha
Nuno Magalhães – Investigador e Consultor em Viticultura

11h30 – A sucessão dos DOC Douro
Celso Pereira – Enólogo Vértice/Quanta Terra
Jorge Serôdio Borges – Enólogo da Wine & Soul
Marta Macedo – Enóloga Quinta do Filoco / Mestre Procuradora da Confraria dos Vinhos do Douro
Nuno Borges – Gestor da Adega de Vila de Real
Olga Martins – Enóloga; CEO da Lavradores de Feitoria
Rui Soares – Técnico de Viticultura da Real Companhia Velha
Tiago Alves de Sousa – Enólogo Alves de Sousa

13h00 – Encerramento

16h00 – Mostra de Vinhos e Sabores Douro TGV 2019

18h30 – Anúncio e Entrega de Prémios do Concurso de Vinhos Douro TGV 2019

INSCRIÇÕES